Buscar
  • Comunicação

Encontro Mundial dos Movimentos Populares


papapjrbol

O Brasil foi representado por mais de 200 delegados e a Pastoral da Juventude Rural se fez presente neste importante espaço de debate e celebração em comunhão às lutas dos Movimentos Populares de toda América Latina e do Mundo.

militantes pjr bol papa

O Encontro Mundial dos Movimentos Populares foi um espaço de diálogo das experiências dos diferentes movimentos que atuam ao lado dos mais excluídos da sociedade, os jovens, as mulheres, os camponeses e camponesas, os sem terra, os sem teto, os catadores, os pescadores e pescadoras, os movimentos quilombolas, os indígenas, entre outros que lutam dia a dia pela dignidade humana.

Nesta perspectiva, foi construído a partir de painéis, mesas redondas e trabalhos em grupo, contemplando os três eixos temáticos: Terra, Teto e Trabalho, tendo uma visão mais abrangente ao cuidado com a Mãe Terra e aos desafios perante os conflitos existentes no mundo que afetam a paz e Soberania, em vista da Integração dos Povos. Como conclusão deste espaço ocorreu a Marcha e o Encontro com o Papa Francisco para a entrega da Carta com o resultado dos trabalhos e os compromissos firmados.

Nosso compromisso enquanto Pastoral da Juventude Rural é reafirmamos nossas alianças com as lutas contra qualquer tipo de violência que ameacem a Vida das Juventudes, nos posicionando contra a Redução da Maioridade Penal, o Extermínio da Juventude Negra e a favor da Reforma Agrária Popular e da Agroecologia. Mas, principalmente assumimos a luta e o cuidado com a Mãe Terra, na construção das condições de Vida Digna da Juventude Camponesa, tendo nosso companheiro o Papa Francisco como aliado na luta e na defesa da nossa Casa Comum.

Papa Francisco e seu chapéu de camponês.

“Nenhuma Família sem casa, nenhum camponês sem terra, nenhum trabalhador sem direitos.”

Papa Francisco.

0 visualização0 comentário