• Comunicação

NOTA DE SOLIDARIEDADE, A MILITANTE DEBORAH FABRI DO LEVANTE POPULAR DA JUVENTUDE

A Pastoral da Juventude Rural- PJR vem por meio desta nota prestar solidariedade à companheira Deborah Fabri, militante do movimento Levante Popular da Juventude. Na noite do dia 31 de agosto milhares de jovens foi às ruas exercer seu direito de lutar e mostrar o seu descontentamento referente ao golpe consumado no país. Dilma Rousseff, Presidente eleita democraticamente por 54 milhões de votos foi retirada da Presidência da República dando lugar ao usurpador e golpista Michel Temer e seu projeto de retrocessos ao país e a classe trabalhadora. A jovem participava em uma mobilização contra o golpe na cidade São Paulo, quando foi atingida por um estilhaço de bomba atirada pela tropa de choque da Polícia Militar de São Paulo. Esse estilhaço feriu seu olho esquerdo acarretando na perda de sua visão. Nós da PJR condenamos a atuação da Polícia Militar em São Paulo e em outras partes do país onde agiu com truculência, violência e autoritarismo, reprimindo o direito á liberdade de expressão. Exigimos que os responsáveis não fiquem impunes. Não nos calaremos, não sairemos das ruas até que esse Governo Golpista caia! Fora Temer! Recife, 02 de setembro de 2016

0 visualização

Secretaria Nacional

Rua Francisco Brás, Várzea Rendonda, 204, Sumé, Paraíba - Brasil.

Email: secretariapjrbrasil@gmail.com

Telefone83 99917-2719

Youtube

Facebook

© 2020 Todos os direitos reservados à Pastoral da Juventude Rural  |   Termos e usos  |   Política de privacidade